Por que criar a descrição dos processos internos da sua Imobiliária

7903323-businessman-with-a-laptop-sitting-at-the-table

Processo é um conjunto de atividades relacionadas ao objetivo da sua Imobiliária, ou seja, o processo destina-se a “entregar um produto ou um serviço ao cliente, que pode ser o inquilino ou o proprietário”.

Identificar, analisar e melhorar os processos internos da Imobiliária é fundamental para garantir que a empresa tenha segurança sobre os Contratos e todos os demais serviços que estão sendo oferecidos para os clientes da Imobiliária.

Quando falamos em atividades padronizadas, isso não quer dizer “atividades maçantes”, mas sim atividades executadas sempre da mesma maneira e forma, buscando assegurar e excelência no trabalho.

Na Imobiliária, possuímos diversas atividades, quase que em sua maioria que são executadas de forma rotineira e não padronizada, baseada somente no conhecimento de quem vai executar o serviço.

Quando as rotinas não são descritas, começam aparecer problemas na troca de funcionários, pois se existe uma padronização das etapas de trabalho é muito mais fácil e útil para capacitar e integrar um novo funcionário à empresa, além de minimizar atrasos nas atividades do funcionário irá minimizar muito os erros ocasionados pelo novo funcionário.

Normalmente existe mais de uma forma possível de se fazer algo dentro da Imobiliária. Duas pessoas podem adotar forma distintas de fazer um café ou de atender um cliente, mas ambas pode atingir o mesmo resultado.

No tema marketing, podemos entender que os clientes têm preferências diferentes e que a sua forma de fazer as coisas podem agradar a um determinado público e não a outro.

São duas as etapas que precisam ser trabalhadas:

– Processos e

– Atividades.

Primeiro iremos identificar todos os Processos que ocorrem dentro da Imobiliária.

Depois começaremos a identificar quais as atividades que fazem parte deste processo para chegarmos ao final com a satisfação de quem participou do processo.

Normalmente, iniciamos o nosso trabalho através de Setores que possuem anomalias, ou seja, que apresentam problemas rotineiros e que não possuem um padrão de trabalho e por isso muitas coisas são perdidas.

Poderíamos utilizar como exemplo o lançamento de parcelas nos Contratos de Locação ou a inclusão de itens nas parcelas.

Poderíamos também utilizar como exemplo a captação de imóveis para a locação, onde a Imobiliária tem pequena oferta de imóveis, mas uma procura muito grande e não consegue atender a demanda, mas por outro lado deseja aumentar a sua carteira de locações.

Quando existem muitas anomalias, o tempo das pessoas é consumido em combate-las e não para atingir metas ou para gerenciar a Imobiliária. Neste caso, muitas ações da empresa estão ao sabor de anomalias e portanto, não agregam valor.

Assim, não a nada mais urgente numa empresa que eliminar as anomalias.

Analisando nossas atividades na Imobiliária, vamos descobrir que para tudo aquilo que fazemos existe uma sequência de etapas. A padronização das atividades permite aos gestores melhorar a qualidade dos serviços que são oferecidos, porém há outras coisas que devem ser consideradas, como a tecnologia utilizada ou o nível de treinamento dos colaboradores da sua imobiliária.

Nos próximos posts vamos identificar processos que estão presentes e como eles podem ser desenhadas para melhorar o desempenho da sua Imobiliária.

Estamos à sua disposição para auxiliar na criação dos seus processos internos.

Acompanhe os próximos posts que adicionaremos novas informações para organizar a sua Imobiliária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *