O Sistema de Gestão da sua Imobiliária já está na nuvem?

A profissionalização da gestão da imobiliária, mostra que mais cedo ou mais tarde a administração precisa optar por implantar um ERP – Sistema de Gestão.

Nas últimas décadas os sistemas ERP em nuvem estão ganhando cada vez mais força, devido as muitas vantagens que está forma se apresenta para a Imobiliária.

O conceito de computação em nuvem (em inglêscloud computing) refere-se à utilização da memória e da capacidade de armazenamento e cálculo de computadores e servidores compartilhados e interligados por meio da Internet, seguindo o princípio da computação em grade.

O armazenamento de dados é feito em serviços que poderão ser acessados de qualquer lugar do mundo, a qualquer hora, não havendo necessidade de instalação de programas ou de armazenar dados. O acesso a programas, serviços e arquivos é remoto, através da Internet – daí a alusão à nuvem. O uso desse modelo (ambiente) é mais viável do que o uso de unidades físicas.

Num sistema operacional disponível na Internet, a partir de qualquer computador e em qualquer lugar, pode-se ter acesso a informações, arquivos e programas num sistema único, independente de plataforma. O requisito mínimo é um computador compatível com os recursos disponíveis na Internet. O PC torna-se apenas um chip ligado à Internet — a “grande nuvem” de computadores — sendo necessários somente os dispositivos de entrada (tecladorato/mouse) e saída (monitor).

Em um sistema de gestão ERP em nuvem, os dados da Imobiliária ficam hospedados no servidor da empresa fornecedora do software e são acessados via internet. Para utilizar o sistema a empresa precisa apenas de um navegador e acesso à internet, sendo todo o suporte e gestão oferecidos pela fornecedor do ERP.

Uma diferença bastante considerável é o valor. O sistema em nuvem possui um preço mais acessível para a Imobiliária, uma vez que seu contrato se baseia em uma assinatura mensal e também pelo fato que a Imobiliária não precisa fazer o investimento em servidor interno.

As atualizações do software são muito mais rápidas, mais frequentes e com um impacto muito menor para os usuários do ERP, inclusive não demandando de equipe de informática para instalar e reinstalar programas.

Atividades críticas como backup, gestão de disponibilidade e capacidade de servidor são gerenciadas pelo fornecedor do ERP.

Uma situação que tem aumentado bastante a migração para os sistemas em nuvem, é que os mesmos são mais amigáveis e com maior possibilidade de integração com outras ferramentas e aplicações o que aumenta muito a experiência de satisfação da Imobiliária e dos seus clientes que são os Inquilinos, Proprietários, Fiadores e Prestadores de Serviço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *